Geral | 23/06/2022

Tudo sobre resolução de tela e tipos de monitores

Encontrar o melhor monitor para você pode ser uma tarefa desafiadora, sobretudo quando você é novo em questões de hardware e especificações técnicas. Desse modo surgem algumas perguntas como: Quais tipos de monitores que existem no mercado? O que é a resolução de tela/monitor? Quais os tipos de resoluções de monitor?

Devido à grande variedade de smartphones, tablets, monitores, notebooks e TVs com dezenas de polegadas, nunca na história tivemos telas com tamanhos tão diferentes quanto nos dias de hoje. Atrelada a esse cenário está outra característica também rica em opções: a resolução de telas. E assim, termos resoluções como HD, full HD, full HD+, 1080p, 4K, 8K, XVGA e outras que fazem cada vez mais parte da nossa “vida tecnológica”.

Atualmente, poucas são as profissões que não necessitam de uma tela ou mesmo que você não as utilize durante o expediente de trabalho, com certeza faz uso de monitores e telas durante o seu dia a dia. Desse modo, ter um bom monitor para o seu computador faz toda a diferença durante o trabalho, estudo ou somente para diversão.

E aí? Ficou curioso para saber mais sobre quais os tipos de monitores e resoluções de telas disponíveis no mercado e quais as suas especificações? Então vamos lá!

O QUE É RESOLUÇÃO DO MONITOR?

Além do tipo de painel do monitor, tamanho da tela e taxa de atualização, a resolução do monitor é normalmente uma das primeiras especificações consideradas quando se pensa em comprar um novo monitor.

Desse modo, precisamos saber que a resolução do monitor descreve as dimensões visuais de qualquer monitor. Nesse sentido, ela é expressa em termos de largura e altura, composta de um número específico de pixels.

Por exemplo, em um monitor com resolução Full HD 1080p padrão da indústria, esta tela contém uma resolução máxima de 1920 x 1080. Isto quer dizer que a tela terá uma largura de 1.920 pixels enquanto a altura da tela será de 1.080 pixels. E assim, resulta em um total geral de 2.073.600 pixels na tela. Funciona como se fosse uma matriz (X,Y), onde temos as linhas e colunas, que, ao se cruzarem, formam a resolução da tela.

A imagem abaixo é um exemplo que compara a mesma imagem em resoluções diferentes. A foto da direita, que possui 300 x 225 pixels, é exibida de maneira mais detalhada que a figura à esquerda, que conta com 160 x 120 pixels.

resoluções de tela

Além disso, quanto maior a resolução de um monitor, mais detalhada poderá ser uma imagem, devido ao fato de um monitor com resolução mais alta será composto de mais pixels. Mas, isso dependerá também, da resolução do conteúdo que você estiver vendo no momento. 

O QUE SÃO PIXELS?

Pixels, ou elementos de imagem como podem ser chamados, são os menores pontos físicos em uma tela. Os pixels são, portanto, os blocos de construção de qualquer imagem que você vê em sua tela.

Desse modo, pixels e resolução de tela estão diretamente interligados e como vimos, uma resolução mais alta equivale a um número maior de pixels em uma tela de monitor. Para visualizar isto, podemos pensar em pixels como peças de quebra-cabeças. E assim, cada um deles compõe uma pequena peça de uma imagem maior que é formada.

O QUE É DPI / PPI?

DPI (pontos por polegada) indica o número de pontos encontrados dentro de uma linha de uma polegada de varredura ou impressão. Enquanto PPI é o termo correto quando se refere a monitores.

Em vista disso, PPI ou DPI consiste em uma descrição da densidade de pixels de uma tela de monitor. Nesse sentido, uma densidade maior de pixels significará que há mais pixels em cada polegada quadrada de sua tela.

Além disso, a densidade de pixels é um fator importante pois determina a qualidade de sua imagem, da mesma forma que uma maior densidade de pixels geralmente lhe dará imagens com mais qualidade.

PPI E TAMANHO DA TELA

Por exemplo, você tem dois monitores lado a lado, ambos com uma resolução Full HD 1080p. Isto significa que ambos têm 1.920 pixels horizontais e 1.080 pixels verticais. Correto? 

Agora imagine que uma tela é de 32 polegadas, enquanto a outra é de 25 polegadas.

Então, você pode ver como a densidade de pixels é importante porque você terá o mesmo número de pixels espalhados por uma tela maior com o monitor de 32 polegadas. Por outro lado, o monitor menor terá uma densidade de pixels maior, resultando em linhas mais suaves e imagens mais nítidas.

QUAIS OS TIPOS MAIS COMUNS DE RESOLUÇÕES DE MONITOR?

A lista a seguir classifica algumas das resoluções de monitores mais comuns encontradas no mercado atualmente, desde a mais baixa resolução de tela/monitor até a mais alta.

Resolução de 720p ou HD, HD Ready, HD Standard

A resolução 720p, ou 1280 x 720, é uma resolução de monitor de estilo progressivo. É a mais baixa das resoluções com capacidade de HD, e é utilizada por todas as emissoras de TV de alta definição.

Resolução de 1080p ou Full HD, FHD

É uma resolução de monitor não entrelaçada comercializada como a primeira resolução a tirar o máximo proveito da gama completa de capacidades do HD.

Em vista disso, 1080p é atualmente a resolução padrão para televisores, serviços de streaming de internet, jogos de vídeo e smartphones.

Resolução 1440p ou 2K, WQHD, QHD

Consiste em uma resolução progressiva contendo 2560 x 1440 pixels. Conhecida como Quad HD, 1440p é 4 vezes mais forte que a variante base HD.

Resolução 4K ou UHD, Ultra HD, 4K UHD

A resolução 4K é assim chamada devido a sua contagem horizontal de pixels, embora para monitores, a resolução 4K seja igual a uma contagem de pixels de 3840 x 2160. Também, a resolução de 4K conta com 4 vezes mais pixels do que 1080p.

Embora a participação de mercado para a resolução 4K tenha aumentado ano após ano desde 2014, sua adoção tem sido até agora limitada ao streaming de vídeo na Internet, à projeção de vídeo e às televisões comerciais.

Resolução 8K ou 8K UHD

A resolução 8K mede 7680 x 4320 pixels e é atualmente a mais alta resolução de monitor disponível no mercado. Desse modo, a tecnologia é tão nova que os televisores e transmissões UHD 8K comercialmente disponíveis acabam de ser disponibilizados nas plataformas.

No mercado, a resolução 8K está sendo integrada atualmente em TVs, monitores de computador e câmeras de transmissão. 

resoluções de tela

MONITORES DE TELA LCD

Monitores de tela LCD (Liquid Crystal Display — Tela de Cristal Líquido), trata-se de uma tecnologia de tela extremamente popular hoje em dia que, como tal, pode ser encontrada em inúmeros dispositivos, de simples calculadoras a monitores de vídeo, smartphones, tablets e TVs.

Nesse sentido, como o seu próprio nome indica, o principal componente das telas LCD está em um material chamado cristal líquido, que recebe esse nome por ter características que o fazem se comportar como um elemento líquido.

Em sua composição mais simples, as moléculas de cristal líquido são distribuídas entre duas lâminas transparentes polarizadas chamadas de substratos. Assim, esse processo é orientado de maneira diferente nas duas lâminas, de forma que estas criem eixos polarizadores perpendiculares, como se formassem um ângulo de 90 graus.

Desse modo, é como se uma lâmina recebesse polarização horizontal enquanto a outra recebe polarização vertical, formando um esquema do tipo “linhas e colunas”(Matriz).

Além disso, moléculas de cristal líquido são capazes de orientar a luz. Assim, no momento em que uma imagem é exibida em um monitor LCD, por exemplo, elementos elétricos presentes nas lâminas geram campos magnéticos que induzem o cristal líquido a orientar a luz oriunda da fonte luminosa para formar o conteúdo visual.

LCD: MATRIZ ATIVA E MATRIZ PASSIVA

Portanto, as telas LCD se dividem, basicamente, em duas categorias: matriz ativa (Active Matrix LCD) e matriz passiva (Passive Matrix LCD). A primeira categoria tem como principal característica a aplicação de transistores para cada pixel, enquanto que, na segunda categoria a de matriz passiva, os transistores são aplicados tomando como base o esquema de linhas e colunas.

TIPOS DE LCD: 
  • TN LCD
  • IPS LCD
  • VA LCD
  • PLS LCD

MONITOR DE TELA LED

Telas LED correspondem a painéis LCD. Ou seja, uma tela LED (Light Emitting Diode) precisa de um sistema de iluminação de fundo, não importa se ela é do tipo IPS, VA ou outro. Em equipamentos de baixo custo, é comum que essa luz seja provida por lâmpadas fluorescentes.

Enquanto em telas de LED para monitores, utilizam como iluminação de fundo matrizes com LEDs minúsculos, porém, a camada de LCD também compõe o equipamento. Nesse sentido, a grande vantagem desse sistema é que pontos individuais — os pixels — recebem luz de modo mais preciso, o que resulta em níveis de brilho e contraste mais intensos e de maior qualidade.

Também, telas LED geram menos calor, são muito mais econômicas no consumo de energia e tendem a ser mais duráveis do que painéis LCD baseados em lâmpadas.

MONITOR DE TELA OLED?

O OLED (Organic Light Emitting Diode) é uma tecnologia que tem certa semelhança com o LED, contudo difere em sua composição, pois trata-se de um material formado por diodos orgânicos, isto é, constituídos com carbono que geram luz quando recebem carga elétrica. Dessa forma, os diodos podem ser bastante pequenos, permitindo que cada pixel da tela contenha esse material de forma a ser iluminado individualmente.

Como o OLED é capaz de gerar luz, a tela não precisa de retroiluminação. Devido a isso, a indústria consegue criar telas mais finas do que as de LCD e LED. A espessura de painéis OLED é tão pequena que algumas variações possibilitam até a produção de telas flexíveis — a Samsung é uma das pioneiras nessa área.

Além disso, telas OLED geram cores mais nítidas, inclusive de preto (“preto profundo”), pois não contam com camadas que, como efeito colateral, diminuem a intensidade de iluminação.

resoluções de tela

Não bastando, esse tipo de monitor com painéis OLED tendem a gastar menos energia, suportam maior ângulo de visão e, têm tempo de resposta bastante reduzido.

Devido a isso, a tecnologia OLED é relativamente comum em celulares e tablets que necessitam de telas mais finas por causa de seu tamanho reduzido e do menor consumo de energia.

MONITOR DE TELA AMOLED

AMOLED é a sigla para Active Matrix Organic Light Emitting Diode. Como o nome nos sugere, essa é uma variação das telas OLED, sendo que a principal diferença entre elas está no fato de telas AMOLED serem do tipo matriz ativa.

Nesse sentido, é uma situação semelhante à existente com o LCD: telas OLED com matriz passiva são orientadas com um esquema de transistores organizados em linhas e colunas; em telas AMOLED, os transistores são aplicados no painel, considerando cada pixel.

Telas AMOLED são muito comuns em smartphones e tablets.

CONCLUSÃO

Como vimos, existem atualmente inúmeras resoluções de telas e um mundo infinito de opções de monitores. Nesse sentido, é preciso estar atento às especificações e aos pontos positivos e negativos de cada uma das opções.

E aí? Gostou de saber mais sobre resolução de telas e os tipos de monitores?

Nós da Razor Computadores, temos a workstation perfeita para a sua necessidade profissional com as melhores placas de vídeos disponíveis no mercado, para que tenha a melhor experiência de imagem possível. 

Entre em contato com um de nossos consultores.

Texto por Henrique L. Knoll | Redator

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)