Desktop Lean | 12/08/2021

Tudo o que você precisa saber sobre o novo Windows 11

Unindo o clássico com o moderno, Microsoft lança o Windows 11. Conheça as novidades e atualizações!

Finalmente tivemos o lançamento para desktops do novo sistema operacional da Microsoft, o novo Windows 11. Após uma série de vazamentos, a empresa, gigante da tecnologia, decidiu anunciar no dia 24 de junho/2021 a sua nova criação, que busca misturar o clássico com o novo.

A nova interface do Windows 11 exibe um design mais simples e minimalista, semelhante com a do recente cancelado Windows 10X. Além disso, a grande atualização da Microsoft busca unir as interfaces de telas sensíveis ao toque ao convencional desktop e notebook, tudo isso sem grandes exageros como foi no Windows 8, porém, mais otimizado.

Desse modo, entre os principais atributos do Windows 11, podem ser destacados o novo “Menu Iniciar” que agora está centralizado, um novo modo de gerenciar janelas, ícones remodelados, Widgets no desktop, além de wallpapers para modos claro e noturno e uma maior conectividade com a plataforma Xbox.

windows 11

Legal, não? Que tal conhecer e saber um pouco mais sobre o novo Windows 11? Então vamos lá!

Visual novo

Uma das principais mudanças do Windows 10 para o novo Windows 11 foi o visual. Mesmo que não seja um estilo totalmente novo, pode-se notar que o design é um belo aprimoramento do que encontramos na versão anterior.

Este visual é válido para as janelas, widgets, aplicativos e nas pastas do sistema. Ao todo, é um visual mais simples, fluido e de fácil compreensão, principalmente para aqueles que não estão tão familiarizados com a plataforma da Microsoft.

windows 11

Além disso, há wallpapers oficias para o sistema tanto para o modo claro, quanto para o escuro, contendo imagens vívidas e um aspecto fluido. Cabe ressaltar que o design do Windows 11 traz janelas com cantos arredondados, que também estão presentes no Menu Iniciar do sistema.

Além disso, houve também, uma mudança significativa no design do logotipo do Windows, que deixa de ter a forma semelhante ao trapézio para se tornar um quadrado, assim como o próprio logo da Microsoft. Por fim, os ícones do sistema e o som de inicialização também foram renovados.

windows 11

Ícones centralizados e gerenciamento de janelas

No instante que você se depara com o novo Windows 11, irá perceber que os ícones da barra de tarefas estarão centralizados. Este formato dos ícones já era feito de forma manual por muitos usuários do Windows 10, apesar de não ser uma opção oficial do sistema.

Em vista disso, o usuário terá a chance de escolher se mantém os ícones centralizados ou se eles devem voltar para a parte esquerda da barra. Nesse sentido, a mudança acaba sendo bem interessante, lembrando que quem preferir a maneira antiga poderá voltar para ela quando quiser.

Além disso, o Windows 11 incluiu novos controles para maximizar e minimizar janelas, chamados de “Fancy Zones“. Através deles, é possível posicionar janelas de aplicativos ou navegadores em zonas quadradas ou retangulares ao longo da tela apenas passando o mouse sobre o botão de restaurar tamanho, como mostra o GIF abaixo. 

A volta dos Widgets

Essa “novidade” é para quem adora usar widgets no seu sistema, pois terá uma grata surpresa com essa atualização do novo Windows 11. Esse retorno dos widgets foi uma ideia que começou ainda no Windows 10 com o painel de notícias, clima e outras informações personalizáveis em uma atualização recente do sistema.

Os widgets nasceram no Windows 7, onde ganharam bastante destaque, porém, não tiveram grande acolhimento na sua versão seguinte, o Windows 8. Então, ele havia sido removido para o Windows 10, mas como vimos, ele vem sendo reformulado em atualizações recentes e será reintroduzido de vez no Windows 11.

Para a felicidade dos usuários, essa nova versão do Windows irá para além nesse quesito, devido ao fato de haver diversos modelos e formas de widgets disponíveis desde o início do sistema, sendo que eles poderão ocupar a tela toda caso você desejar. Isso deverá ajudar os usuários a terem uma experiência ainda mais personalizada e interativa.

Interessante, não é mesmo?

windows 11

Cortana está escondida

A partir da saída da antiga barra de pesquisa, o novo Windows 11 também retirou completamente o ícone da assistente virtual Cortana da barra de tarefas. De agora em diante, para ativá-la, é necessário configurá-la de forma manual no menu de ajustes do computador. 

Nesse sentido, a alteração na assistente virtual poderia estar ligada às reclamações de usuários do Windows 10 sobre as limitações da Cortana em relação a outras concorrentes no mercado.

Nova Microsoft Store

A nova Microsoft Store tem como diferença mais marcante aos olhos dos usuários o seu visual, porém, está longe de ser a novidade mais importante deste software.

Desse modo, a nova Microsoft Store terá “tudo que o usuário precisar” disponível de forma simplificada, com avaliação de usuários, abas, barra de pesquisa e outras características da loja atual. Nesse sentido, a Microsoft quer impulsionar a chegada de aplicativos na plataforma e, então, passa a oferecer suporte a aplicativos do Android devido a uma integração com a Amazon Appstore.

Com isso, a novidade é que Softwares originalmente desenvolvidos para os portáteis com o sistema Android serão compatíveis com o novo Windows 11 de forma nativa e otimizada, exibidos em janela esticada na vertical imitando um aparelho celular.

Como exemplo e também como uma boa estratégia de marketing, a Microsoft fez uma demonstração do popular  aplicativo chamado TikTok rodando na área de trabalho do Windows 11 com direito até a controle do tamanho da janela, como podemos ver na imagem abaixo.

TikTok rodando diretamente no Windows 11

Você já imaginou poder rodar os seus aplicativos do celular em seu desktop de maneira otimizada? Incrível, não é mesmo?

O Windows 11 será uma atualização gratuita? Quais os requisitos mínimos?

Assim como em qualquer outro software ou sistema operacional é lançado, é comum se perguntar: será preciso pagar para atualizar o computador para o Windows 11? A notícia que temos é que a Microsoft também entende essa preocupação e, aproveitou o sucesso da estratégia de distribuição do seu antecessor e fará do novo sistema uma atualização gratuita, assim como aconteceu com o seu irmão mais velho, o Windows 10.

O update estará disponível sem custo para computadores compatíveis, e os pré-requisitos para rodar o Windows 11 são os seguintes:

  • Processador de dois núcleos (64-bit) de 1 GHz;
  • 64 GB de armazenamento interno;
  • 4 GB de RAM;
  • Display de 9 polegadas e 1366 x 768 de resolução;
  • Gráficos (placa gráfica/de vídeo) compatíveis com DirectX 12.

A data do lançamento do Windows 11 para o público geral também continua incerta, mas a empresa espera lançá-lo no início de 2022.

Nem toda CPU (processador) será compatível

Nem todas as novidades do novo Windows 11 são boas, pois um dos empecilhos para quem quiser fazer uso dessa nova versão do sistema operacional é que nem todos os computadores terão hardwares compatíveis com ele.

Ainda que os requisitos mínimos não sejam tão exigentes, há um quesito que barrará configurações mais antigas. Pois, apenas CPU’s mais recentes terão suporte para o novo Windows 11, como a Intel de 8° geração em diante e a AMD 2000 em diante.

Isso quer dizer que mesmo que a CPU do seu computador ou notebook seja ainda recente, ela poderá não ser compatível com o novo sistema operacional. Se esse for o seu caso, então você continuará usufruindo do Windows 10 e  suas ferramentas.

Conclusão

E aí? Gostou de saber mais sobre o que o novo Windows 11 irá trazer para seus usuários?

Como podemos ver, o novo Windows 11 trará muitas novidades para seus usuários. Inovações no seu design, maiores possibilidades na Microsoft Store, bem como a volta dos amados Widgets, que possibilitam uma experiência ainda mais personalizada.

Quer ficar preparado para o futuro dos Sistemas Operacionais, podendo desfrutar de todas as novidades que ele irá possibilitar com desempenho e qualidade?

Entre em contato com um dos especialistas da Razor Computadores e monte a workstation perfeita para a sua necessidade profissional clicando aqui.

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)