Notícia | 12/08/2020

A Razor e a pesquisa científica contra a COVID-19

A Razor e a pesquisa científica contra a COVID-19

Desde o início do ano, quando anunciamos que a Razor estava sendo afetada pelo coronavírus (mesmo antes da doença avançar pelas fronteiras do Brasil e assolar a economia nacional), tivemos que nos reinventar enquanto empresa e indústria: o home office virou rotina, a empresa passou a operar com novos protocolos de segurança e higiene, aos poucos fomos retomando os processos manuais, com turnos separados para evitar o contato entre nossos colaboradores, etc. Ainda assim, conforme aponta Grégory Parisotto, CEO da Razor, encontramos uma oportunidade para crescer e nos desenvolver. 

Há um provérbio que diz que “Bons tempos criam homens fracos e homens fracos criam tempos difíceis, mas tempos difíceis criam homens fortes e homens fortes criam bons tempos”. Sem dúvidas, atualmente vivemos tempos difíceis e este cenário nos impõe desafios não planejados. Mesmo assim podemos visualizar diversas ações inovadoras e efetivas no combate e na pesquisa científica contra a COVID-19, conforme veremos a seguir.

A pesquisa científica contra a COVID-19

XRayCovid-19

É o caso do Professor de Ciência da Computação Leandro Alvim, pesquisador da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, que, juntamente com outros pesquisadores, como o Prof. Dr. Filipe Braida, da instituição, projetou um modelo de diagnóstico online utilizando inteligência artificial para facilitar a investigação dos sintomas de pacientes com suspeitas da doença. 

A pesquisa científica contra a COVID-19

O Projeto XRayCovid-19 busca disponibilizar uma ferramenta eficiente e de fácil utilização para contribuir com o sistema público de saúde no enfrentamento da atual pandemia e também no diagnóstico das demais doenças respiratórias. Leandro, que é cliente da Razor, afirma que para realizar o projeto necessitava de uma máquina específica para a utilização de alguns softwares de pesquisa. Segundo ele, a máquina projetada e produzida para a pesquisa é uma ferramenta importante no processo:

A máquina da Razor apresenta uma ótima GPU… e uma GPU deste tipo reduz o tempo computacional de dias para horas. Além disto, conta com um processador veloz, com vários núcleos, o que facilita a paralelização de tarefas. Não só isto, ter uma máquina pessoal poderosa reduz os custos de se utilizar as máquinas da nuvem. A utilização das máquinas da nuvem seriam utilizadas apenas em casos extremos, se houver necessidade de um cluster”, relata o pesquisador.

Segundo ele, o XRayCovid-19 ainda é um projeto embrionário, mas que poderá ser utilizado efetivamente pelo sistema público de saúde para auxiliar no processo de diagnóstico da COVID-19 no Brasil. Para conferir o resultado do projeto, basta acessar o XRayCovid-19 e realizar o teste rápido de diagnóstico da doença. A equipe também realizou lives e webinars durante os primeiros meses de lançamento da plataforma contando como foi o desenvolvimento de todo o projeto, como o Webinar Desenvolvimento de Sistemas Inteligentes: O caso XRayCovid-19, disponível no YouTube. 

Calculadora Razor
Desinfecção de máscaras N95 e PFF2 

Outro exemplo de ações efetivas que estão surgindo neste complexo cenário de pandemia é o projeto desenvolvido no Laboratório de Óptica Biomédica e Imagens, localizado no Departamento de Eletrônica e Sistemas da Universidade Federal de Pernambuco, no qual pesquisadores estão realizando simulações de uma caixa de desinfecção de máscaras N95 e PFF2 (máscaras que são Equipamentos de Proteção Individual – EPIs indispensáveis nos ambientes hospitalares onde há o trabalho intensivo de profissionais da saúde no combate à pandemia).

Segundo Túlio Pedrosa, pesquisador e doutorando em Engenharia Elétrica pela UFPE, “esse resultado faz parte dos esforços da instituição para contribuir com o combate a pandemia, estimulando a reutilização das máscaras para atrasar ao máximo possível o que chamamos de “colapso das máscaras”, que é basicamente o desaparecimento desses EPIs do mercado devido a uma demanda maior que a oferta”, explica o pesquisador.

Ainda, Túlio reforça que “os resultados obtidos, a lista de materiais e o projeto da caixa vão ser disponibilizados em um site para quem tiver interesse em fabricar”, entretanto, o site ainda não está disponível.

A pesquisa científica contra a COVID-19

Imagem: Projeto da caixa de desinfecção.

“A imagem da esquerda é o modelo simplificado da caixa, e a figura da direita é a distribuição de intensidade luminosa UV-C no plano em que as máscaras ficarão para desinfecção. A luz UV-C é emitida por duas lâmpadas (uma em cima e uma embaixo). A simulação destas caixas não é computacionalmente custosa quanto a simulação das nanopartículas que são mostradas nas animações”, explica o engenheiro.

Ainda, quando questionado sobre a utilização de uma máquina workstation da Razor na produção deste projeto, Túlio afirma que “Certamente houve um aumento de produtividade. O aumento de performance que obtivemos com a workstation fez com que o tempo de simulação caísse drasticamente. Simulações que antes demoravam o dia inteiro agora são resolvidas em alguns minutos. Esta redução no tempo de simulação nos permite aumentar a precisão geométrica do modelo, o que torna os resultados obtidos mais confiáveis. Geometrias complexas com alto nível de refinamento não seriam possíveis sem o equipamento atual”, finaliza.

A contribuição da Razor em inovação durante a pandemia

Buscando inovar, auxiliar e entender profissionais de todas as áreas, a Razor está disposta a investir cada vez mais em tecnologia para evoluir em seus processos, e, por fim, em cada produto que o cliente adquire. As máquinas, projetadas de acordo com a necessidade de cada profissional e produzidas para proporcionar desempenho, estabilidade e durabilidade únicos, são utilizadas para projetos que exigem resposta e resultados rápidos e satisfatórios.

Pensando no difícil momento atual, em que o mundo se vê em meio à uma pandemia, a Razor, como apoiadora da pesquisa científica, está oferecendo condições especiais para profissionais que estão trabalhando em projetos de pesquisa que envolvem o combate à COVID-19 e o impacto da doença no nosso cotidiano. 

Como nos casos descritos acima, em que a Razor ofereceu condições especiais de preço e formas de pagamento para a aquisição das máquinas durante a pandemia. Nestes exemplos, ambos os clientes entraram em contato com a Razor, explicando sobre quais softwares seriam utilizados nos projetos, enquanto a Razor projetou as melhores opções de hardware personalizadas para cada caso em específico.

Se você, assim como Túlio e Leandro, trabalha com pesquisa ou está envolvido em algum projeto científico relacionado ao assunto e necessita de uma máquina potente para a realização de projetos complexos, conte conosco! Estamos preparados para projetar a máquina perfeita para as necessidades dos seus projetos. Também aceitamos verbas da CAPES e CNPq, além do financiamento pelo BNDES.

Entre em contato conosco aqui. Um de nossos especialistas te auxiliará e apresentará todas as condições e descontos que estamos oferecendo.

E se puder, nós reforçamos o recado: #FiqueEmCasa!

Configure a máquina ideal

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)