Engenharia e Fabricação | 28/08/2020

Melhor CPU para Fotogrametria

Qual é a melhor CPU para fotogrametria?

Escolher o processador, ou CPU, é uma das decisões mais importantes ao construir ou comprar uma workstation, mas há dezenas de opções para escolher a qualquer momento, com especificações e preços variados, portanto, fazer a escolha certa não é sempre muito fácil. Intel ou AMD são o caminho a percorrer? Quantos núcleos você precisa? Um CPU mais caro valerá a pena? Pode ser confuso acompanhar todas as possibilidades, mesmo para quem gosta de ler sobre a tecnologia mais recente, e muitos sites de análise se concentram no desempenho dos jogos e nos benchmarks artificiais, em vez de aplicativos do mundo real. É por isso que os testadores da Puget Systems preferem testar diretamente os aplicativos que os profissionais deles utilizam.

Sido testado recentemente os mais novos processadores Intel Core X-10000 e AMD Threadripper de 3ª geração, além de todos os outros principais lançamentos de CPU do ano passado, agora pode-se olhar para trás e dizer quais são os melhores processadores de 2019 para uma variedade de aplicações. No caso da fotogrametria, a Puget Systems tem inúmeros artigos para essas novas CPUs que examinam o desempenho delas no Metashape, Pix4D e RealityCapture.

Atualmente, existem quatro famílias principais de processadores, duas de cada um dos grandes fabricantes (INTEL e AMD), que valem a pena considerar para a maioria dos usuários:

  • Intel Core 9ª geração da Intel (até 8 núcleos, MSRP máximo de US$ 499)
  • Core X 10000 (10 a 18 núcleos, MSRP máximo de US$ 979)
  • Ryzen de 3ª geração da AMD (até 16 núcleos, MSRP máximo de US$ 749)
  • Threadripper de 3ª geração de desktop de ponta da AMD (24 a 32 núcleos, MSRP máximo de US$ 1.999)

Há muita sobreposição entre os preços das três primeiras linhas de produtos listadas, enquanto o Threadripper tem um custo mais alto, por outro lado oferece substancialmente mais núcleos. No entanto, seu orçamento normalmente limitará o número de modelos de Processadores que você pode considerar em comprar; assim, após os profissionais da Puget Systems testarem o desempenho de algumas CPUs e dados específicos de uso em aplicativos, irão listar algumas recomendações com preços diferentes. Além disso, apenas um lembrete: mais caro nem sempre significa mais rápido e, em alguns casos, uma CPU mais cara pode realmente resultar em um pior desempenho.

 

O que a CPU (processador) faz?

Como o objetivo é tornar este artigo o mais utilizável possível, começamos com uma breve descrição do que a CPU faz – especificamente na renderização de aplicativos. Em poucas palavras, a CPU (ou processador) é o “cérebro” de um computador, e é onde a maior parte dos cálculos acontecem. Milhões desses cálculos precisam ser feitos para obter uma imagem adequada de um mecanismo de renderização e, no caso de vídeos / filmes, muitos quadros individuais precisam ser renderizados ao longo de todo o projeto. No entanto, o cálculo da interação de cada processo com objetos e fontes de luz pode ser tratado separadamente em cada núcleo – tornando esta uma das melhores formas de trabalho para processadores com vários núcleos.

No entanto, além do número e da frequência dos núcleos, existem muitos outros fatores que afetam o desempenho no mundo real de um processador. A quantidade de memória cachê de um processador pode desempenhar papel importante, pois a presença de recursos como o Hyperthreading e até mesmo a arquitetura (design interno) da CPU pode fazer uma enorme diferença no que diz respeito ao desempenho. É por isso que não podemos apenas olhar as especificações no papel e determinar qual processador é melhor, mas precisamos testá-las executando aplicativos e conjuntos de dados reais.

 

Configure a máquina ideal

 

Desempenho da CPU no Pix4D

Muitos dados são apresentados nas tabelas abaixo, portanto, antes de entrarmos, queríamos fornecer um código/legenda sobre o esquema de cores que foi utilizado.

Azul claro = CPUs de consumidor Intel (9ª geração)

Azul escuro = CPUs Intel HEDT (série X-10000)

Vermelho claro = CPUs consumidor AMD (Ryzen 3ª Gen)

Vermelho escuro = CPUs AMD HEDT (Threadripper 3ª Gen)

 

Pix4D 4.4.12
Rock Model
Melhor CPU para fotogrametria

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

Pix4D 4.4.12
School Map
Melhor CPU para fotogrametria

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

Pix4D 4.4.12
School Model

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

Pix4D 4.4.12
Park Map

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

Dados completos de benchmark e testes disponíveis no post:
Pix4D CPU Performance: Intel Core X-10000 vs AMD Threadripper 3rd Gen

 

O Pix4D é provavelmente o mais potente/pesado desses softwares, pois se beneficia da alta velocidade do clock e da alta contagem de núcleos. A geração anterior de processadores da AMD brigou um pouco porque não era semelhante com a Intel no desempenho por núcleo, mas esses novos chips de terceira geração são fantásticos, superando os modelos mais recentes da Intel, mesmo com menos núcleos, além de oferecer mais núcleos nas versões de ponta.

 

Desempenho da CPU no RealityCapture

 

RealityCapture 1.0.3
Rock Model
Melhor CPU para fotogrametria

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

RealityCapture 1.0.3
School Map
Melhor CPU para fotogrametria

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

RealityCapture 1.0.3
School Model

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

RealityCapture 1.0.3
Park Map

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

Dados completos de benchmark e testes disponíveis no post:

RealityCapture CPU Performance: Intel Core X-10000 vs AMD Threadripper 3rd Gen

 

O RealityCapture mostra uma tendência semelhante à que vimos no Pix4D, mas menos evidente. A AMD ainda vence em geral, mas a diferença não é tão grande, especialmente entre os principais modelos como o Ryzen 9 (3950X) e os chips Threadripper e entre os dois CPUs dessa série, o modelo de contagem de núcleos mais alto nem sempre vence.

 

Desempenho da CPU no Metashape

 

Agisoft Metashape 1.5.5
Rock Model
Melhor CPU para fotogrametria

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

Agisoft Metashape 1.5.5
School Map
Melhor CPU para fotogrametria

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

Agisoft Metashape 1.5.5
School Model

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

Agisoft Metashape 1.5.5
Park Map

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

Dados completos de benchmark e testes disponíveis no post:

Agisoft Metashape CPU performance: Intel Core X-10000 vs AMD Threadripper 3rd Gen

 

No entanto, quando se trata do Agisoft Metashape, as coisas ficam realmente um pouco diferentes. Nesta aplicação, vemos que os processadores de alta contagem de núcleos são muito mais lentos, mesmo quando suas velocidades de núcleo único devem ser semelhantes às CPUs de menor contagem de núcleos que apresentam bom desempenho.

Indo além, parece que o Metashape simplesmente não funciona bem com contagens de threads acima de um determinado nível. Os testadores verificaram isso tentando desativar recursos como Hyperthreading (em chips Intel) e Multi-threading simultâneo (na AMD) e vendo que os modelos com alta contagem de núcleos ficam mais rápidos, enquanto os modelos com baixa contagem de núcleos ficam mais lentos:

(clique para ampliar)

 

Esse gráfico é denso com dados e cobre apenas quatro modelos de CPU, mas a principal vantagem é que o Core X 10900X de 10 núcleos da Intel se beneficia de ter o Hyperthreading ativado – mas todos os três chips de contagem de núcleos mais altos que testamos (com 16, 18, e 24 núcleos) tiveram melhor desempenho com o HT / SMT desativado. Não se sabe ao certo onde está a linha entre as CPUs que se saem melhor com e sem esse tipo de recurso, mas parece estar em algum lugar na faixa de 10 a 16 núcleos. Se você já possui um processador com mais de 10 núcleos e executa o Metashape, provavelmente é uma boa ideia testá-lo com e sem esses recursos para ver de que maneira você obtém melhores resultados. Nosso benchmark público é uma ótima maneira de fazer esse tipo de comparação rapidamente, embora você precise procurar como alternar esse recurso no BIOS do seu sistema entre as execuções de teste.

 

Qual processador você deve usar para uma Workstation de Fotogrametria?

Depois de revisar os dados acima, a resposta a essa pergunta se resume principalmente ao seu orçamento, mas com algumas advertências sobre o Metashape (se você usar esse aplicativo). Aqui está uma lista das quatro CPUs recomendadas para esse tipo de carga de trabalho, com preços variados:

  • AMD Ryzen 7 3900X (~ US $ 499)
  • AMD Ryzen 9 3950X (~ US $ 749)
  • AMD Threadripper 3960X (~ US $ 1.399)
  • AMD Threadripper 3970X (~ US $ 1.999)

* Não se preocupe com essas CPUs se você usar apenas ou principalmente o Metashape, a menos que trabalhe em projetos massivos e precise de 128 GB de memória RAM.

Se tivéssemos que selecionar um processador específico para obter o melhor desempenho e média geral entre esses aplicativos, seria o Ryzen 9 3950X da AMD. Ele fornece velocidades consistentemente excelentes em aplicações de fotogrametria e, mesmo em situações em que os chips Threadripper avançam, ainda há um caso viável para fazê-lo do ponto de vista da relação preço / desempenho.

Outra coisa a ter em mente é que as CPUs Threadripper suportam o dobro de RAM: 256GB vs 128GB na Ryzen. Lembre-se disso se você trabalha em projetos muito grandes, pois a memória insuficiente pode levar a um desempenho reduzido, especialmente no Pix4D e Metashape.

Este conteúdo procurou ajudá-lo na escolha da CPU para sua workstation de fotogrametria. Lembre-se de que, mesmo com essas recomendações, a CPU certa para você pode ser diferente, dependendo da combinação de programas que você utiliza e exatamente do que faz nesses aplicativos. 

 

O texto apresentado acima consiste na tradução de um artigo publicado no site da Puget Systems sobre “Qual é a melhor CPU para fotogrametria em 2019”, e para que haja uma melhor compreensão em língua portuguesa foram realizadas algumas alterações quanto a gramática e concordância. Para ler a publicação original na íntegra, acesse o artigo: What is the Best CPU for Photogrammetry (2019).

Entre em contato com os profissionais da Razor e projete a Workstation perfeita para sua necessidade profissional. 

 

 

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)