Edição de vídeo, Motion e 3D | 18/09/2020

Melhor CPU para Edição de Vídeo

Qual é a melhor CPU para edição de vídeo?

 

Sua CPU é uma das partes mais importantes da sua workstation, mas escolher qual CPU usar pode ser uma tarefa difícil, com literalmente centenas de opções para você escolher. Você deve usar Intel ou AMD? Quanto importa a contagem do núcleo? Uma CPU cara valerá o custo? Mesmo para aqueles que gostam de acompanhar a tecnologia mais recente, pode ser assustador, descobrir qual é a melhor escolha para seu fluxo de trabalho.

Com o lançamento da série Intel Core X-10000 e processadores AMD Threadripper de 3ª geração, agora sabemos como as melhores e mais recentes CPUs de ambas as marcas se saem no mundo real. 

Neste post, queremos manter as coisas menos tecnológicas para aqueles que não têm tempo nem interesse em acompanhar de perto os hardwares do PC’s. Ser capaz de escolher a CPU certa é algo que deve ser possível para qualquer pessoa, não importa quanto tempo elas invistam para acompanhar as tecnologias mais recentes.

Atualmente, existem quatro famílias principais de processadores que você deve considerar para uma workstation de edição de vídeo:

  • Intel Core 9ª geração (até 8 núcleos, MSRP máximo de US$ 499)
  • Intel Core X-series (até 18 núcleos, MSRP máximo de US$ 979)
  • AMD Ryzen (até 16 núcleos, MSRP máximo de US$ 749)
  • AMD Ryzen Threadripper (até 32 núcleos, MSRP máximo de US$ 1.999)

Embora seu orçamento limite a quantidade de modelos de CPU que você pode considerar, uma vez que muitas dessas linhas de produtos têm preços sobrepostos, você ainda terá muitas opções para escolher. Além disso, o mais caro nem sempre significa que ele será o mais rápido e, em muitos casos, uma CPU mais cara pode resultar em um pior desempenho.

Para ajudá-lo a escolher a melhor CPU para edição de vídeo, examinamos alguns dos resultados de benchmark para fornecer uma ideia do desempenho relativo entre cada uma das opções mais recentes de CPU. Em seguida, na conclusão, discutimos qual é a recomendação para quais modelos de CPU usar em diferentes fluxos de trabalho e orçamentos.

 

Melhor CPU para edição de vídeo

 

O que a CPU (processador) faz?

No intuito de tornar este post acessível a todos, primeiro queremos fazer uma breve discussão sobre o que a CPU faz – principalmente em aplicativos de edição de vídeo. Em poucas palavras, a CPU (ou processador) é o componente mais crítico quando se trata de desempenho.

Alguns aplicativos, como o DaVinci Resolve, podem utilizar muito bem a GPU (placa de vídeo) para acelerar várias tarefas, mas mesmo assim a CPU ainda está sendo usada em pelo menos algum grau.

Em outros aplicativos, como o Premiere Pro e o After Effects, a GPU é usada em um grau limitado, mas, a menos que você carregue efeitos que usam especificamente a GPU, sua CPU será muito mais importante no geral.

Dentro de uma CPU, existem vários fatores que determinam a velocidade, mas ela pode ser simplificada em duas especificações principais: contagem de núcleos e frequência de núcleos (velocidade). 

No entanto, além do número de núcleos e da frequência, existem muitos outros fatores que afetam o desempenho no mundo real de um processador. A quantidade de cache (semelhante à memória de curto prazo) e até mesmo a arquitetura geral podem fazer uma enorme diferença no que diz respeito ao desempenho da CPU. É por isso que é especialmente impreciso usar a contagem e a frequência de núcleos para comparação entre os processadores Intel e AMD, pois há disparidades que não permitem uma comparação justa entre as duas marcas.

Além disso, existem algumas especificações, como o número de faixas PCIe (que determinam quantas placas de vídeo você pode usar) que podem ser importantes para workstation de última geração usando o DaVinci Resolve.

Portanto, se as especificações puras não são uma maneira confiável de escolher uma CPU, o que é? Para entendermos melhor o desempenho dos processadores é necessário criar vários testes e métodos para que a análise seja a melhor possível e, como conclusão, os benchmarks de desempenho são a maneira mais confiável para comparar o desempenho de CPU’s e por fim escolher a melhor CPU para edição de vídeo. 

 

Desempenho da CPU no Premiere Pro

Muitos dados são apresentados nas tabelas abaixo, portanto, antes de entrarmos, queríamos fornecer um código/legenda sobre o esquema de cores que foi utilizado.

Azul claro = CPUs de consumidor Intel (9ª geração)

Azul escuro = CPUs Intel HEDT (série X-10000)

Vermelho claro = CPUs consumidor AMD (Ryzen 3ª Gen)

Vermelho escuro = CPUs AMD HEDT (Threadripper 3ª Gen)

 

PugetBench para Premiere Pro
Pontuação Geral Estendida
Melhor CPU para edição de vídeo

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

PugetBench para Premiere Pro
Pontuação Estendida da Reprodução Ao Vivo

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

PugetBench para Premiere Pro
Pontuação Estendida de Exportação

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

Dados completos de benchmark e teste disponíveis no post da Puget Systems:

Premiere Pro CPU performance: Intel Core X-10000 vs AMD Threadripper 3rd Gen

 

O Premiere Pro é um aplicativo muito complexo, portanto, há muito a se considerar ao decidir qual CPU usar.

Para o melhor desempenho possível, a AMD tem vantagem sobre a Intel, com os processadores AMD Threadripper de 3ª geração atualmente superando o CPU Intel Core X-series mais rápido em 20%. No entanto, os Threadripper 3960X e 3970X são razoavelmente caros, com um MSRP (Manufacturer Suggested Retail Price – Preço Sugerido pelo Fabricante) de US$ 1.399 e US$ 1.999 respectivamente, e para qualquer processador abaixo da faixa de US$ 1000, os processadores indicados são o Intel Core X-10000 series e o Intel Core 9ª geração.

Se aprofundarmos um pouco mais nos detalhes e separarmos a reprodução ao vivo da performance de exportação, o cenário muda um pouco. Para reprodução ao vivo, existe uma linha tênue, no qual, obter uma CPU mais poderosa ou mais cara não aumenta mais significativamente o FPS da reprodução.

Se você passar para o segundo gráfico acima, poderá ver que o Intel Core I9 10920X, 10940X, 10980XE, assim como o AMD Threadripper 3960X e 3970X, apresentam desempenho semelhante.

O que isto significa é que, se a reprodução ao vivo é a sua principal preocupação (o que para muitas pessoas é), a Intel Core X-series ou a Intel Core 9ª geração vai oferecer o melhor desempenho de acordo com o valor investido. Lembre-se de que, ao chegar ao Intel Core I9 10920X, você provavelmente não perceberá muitos benefícios de uma CPU mais cara.

Para aqueles que desejam reduzir o tempo de exportação/transcodificação, há uma variação maior entre os vários modelos de CPU. Para isso, os AMD Threadripper 3960X e 3970X são os reis absolutos e devem poder concluir uma exportação em cerca de 3/4 do tempo de um Intel Core I9 10980XE.

Em outras palavras, a cada hora que uma exportação demora com o CPU Intel mais rápido disponível, um dos processadores AMD Threadripper de 3ª geração deve poder cortar cerca de 15 minutos.

 

Configure a máquina ideal

 

Desempenho da CPU no After Effects

 

PugetBench para After Effects
Pontuação Geral
Melhor CPU para edição de vídeo

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

PugetBench para After Effects
Pontuação de Visualização da RAM

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

PugetBench para After Effects
Pontuação da Renderização

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

Dados completos de benchmark e teste disponíveis no post da Puget Systems:

After Effects CPU performance: Intel Core X-10000 vs AMD Threadripper 3rd Gen

 

Atualmente, o After Effects não é muito bom em utilizar um número alto de núcleos de CPU, portanto a diferença entre muitos dos modelos de CPU mais recentes é relativamente pequena. Um aspecto a se notar é que este é um caso em que gastar mais dinheiro em uma CPU pode acabar apresentando um desempenho pior. Por exemplo, o AMD Threadripper 3960X 24 Core é um pouco mais rápido que o 3970X 32 Core, e o Intel Core I9 10900X 10 Core e 10920X 12 Core são mais rápidos que o 10980XE 18 em cerca de 10%.

De uma perspectiva geral, depois de obter uma CPU de cerca de US$ 500 (o Intel Core I9 9900K ou AMD Ryzen 9 3900X), você estará dentro de alguns por cento do desempenho mais rápido possível no After Effects.

As CPUs AMD Ryzen 9 3950X ou AMD Threadripper, mais caros, podem ser mais rápidos que os Core I9 9900K ou Ryzen 3900X, mas para a maioria dos usuários, será melhor economizar esse dinheiro e investir mais em  memória RAM, uma GPU mais rápida ou armazenamento mais rápido.

Para aqueles que têm um orçamento mais apertado e não podem pagar um CPU de US$ 500, os processadores AMD Ryzen 7 devem acabar sendo um pouco mais rápidos do que os processadores Intel Core I7.

Se o seu orçamento não permite uma CPU AMD Threadripper, não há uma grande diferença entre as mais recentes CPUs Intel e AMD do ponto de vista preço-desempenho. Existem pequenas variações, mas ao comparar modelos com preços semelhantes, a diferença de desempenho ao exportar é geralmente mínima.

 

Desempenho da CPU DaVinci Resolve Studio

 

PugetBench para DaVinci Resolve
4K – Nota Básica de Nível da Mídia
Melhor CPU para edição de vídeo

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

 

PugetBench para DaVinci Resolve
Pontuação Média de Fusão

Gráfico disponibilizado pela Puget Systems

Dados completos de benchmark e teste disponíveis no post da Puget Systems:

DaVinci Resolve Studio CPU performance: Intel Core X-10000 vs AMD Threadripper 3rd Gen

 

Muitos dos projetos mais exigentes do DaVinci Resolve (redução de ruído, múltiplos OpenFX etc.) dependem mais da potência da sua GPU do que da sua CPU, mas ao fazer a classificação básica ou editar uma CPU mais poderosa, você pode obter um grande impulso no desempenho.

Os benefícios de uma CPU de ponta diminuem à medida que você adiciona efeitos, os testes indicaram principalmente sobre desempenho ao fazer notas relativamente básicas com apenas alguns nós.

No geral, você pode dividir as coisas com dois pontos simples:

Para CPUs de US$ 500 ou menos, as CPUs AMD Ryzen são as melhores.

Para CPUs com mais de US  500, é difícil fazer uma escolha ruim, pois a AMD e a Intel são razoavelmente iguais – quanto mais dinheiro você gasta, melhor o desempenho que você normalmente obtém. A única exceção é o Intel Core I9 10900X, que é mais lento e mais caro que o AMD Ryzen 9 3900X.

 

Qual é a melhor CPU para edição de vídeo?

Infelizmente, existem muitas nuances na edição de vídeo com seu codec, resolução e aplicativo exatos, todos exigindo o melhor da CPU. Portanto, em vez de tentar fornecer um “melhor” processador geral, dividimos os fatores em alguns cenários comuns e oferecer uma variedade de opções com base no preço do MSRP de cada modelo de CPU:

 

CPUs recomendadas para aplicativos de edição de vídeo da Adobe

Para o Adobe Premiere Pro e o After Effects, as seguintes CPUs são as recomendações, dependendo do seu orçamento:

  • AMD Ryzen 7 3800X (US$ 399)
  • Intel Core i9 9900K (US $499)
  • Intel Core i9 10920X (US$ 689)
  • AMD Ryzen 9 3950X (US$ 749)
  • Intel Core i9 10940X (US $784)
  • Intel Core i9 10980XE (US$ 979)
  • AMD Threadripper 3960X (US$ 1.399)

Com estes modelos, você sempre deve obter melhor desempenho ao gastar mais dinheiro. No entanto, esteja ciente de que, se o seu fluxo de trabalho envolver uma quantidade boa de tempo no After Effects, você não obterá muitos benefícios de uma CPU acima do Intel Core I9 9900K.

Mesmo que seu orçamento permita uma CPU mais cara, você normalmente ficará melhor com um Core I9 9900K e podendo destinar sua economia em mais memória RAM, uma GPU mais rápida ou armazenamento mais rápido, pois elas provavelmente acabarão dando a você em geral mais performance do sistema.

 

CPUs recomendadas para o DaVinci Resolve

Se o seu fluxo de trabalho contiver uma quantidade de tempo boa no DaVinci Resolve (ou estiver exclusivamente no DaVinci Resolve), a recomendação para a melhor CPU muda um pouco, pois os processadores AMD Ryzen assumem uma liderança significativa em relação aos processadores Intel 9ª geração. Para isso, a recomendação sobre qual CPU usar com base no seu orçamento é:

  • AMD Ryzen 7 3800X (US$ 399)
  • AMD Ryzen 9 3900X (US$ 499)
  • Intel Core i9 10920X (US$ 689)
  • AMD Ryzen 9 3950X (US$ 749)
  • Intel Core i9 10940X (US$ 784)
  • Intel Core i9 10980XE (US$ 979)
  • AMD Threadripper 3960X (US$ 1.399)
  • AMD Threadripper 3970X (US$ 1.999)

Mais uma vez, você sempre deve obter melhor desempenho ao gastar mais dinheiro com qualquer um desses processadores. Existem casos em que a diferença é mínima, no entanto, e como o Resolve usa a GPU com tanta intensidade para OpenFX e redução de ruído, você pode considerar uma CPU um pouco mais barata se permitir atualizar sua GPU ou obter várias GPUs.

 

No geral, existem apenas alguns modelos de CPU da Intel e AMD nos quais você pode ter certeza de que (normalmente) obterá mais desempenho quando gastar mais dinheiro. Nesse caso, as “melhores” CPUs em geral para edição de vídeo são o Intel Core I9 10920X, 10940X e 10980XE, bem como o AMD Threadripper 3960X. Mesmo se você não tiver certeza do que é ideal para o seu fluxo de trabalho, desde que tenha um orçamento suficiente, não poderá acontecer nada de errado com nenhum desses quatro modelos.

Outro fator a ser lembrado é que o Thunderbolt é bastante comum nos fluxos de trabalho de pós-produção e, se você planeja usá-lo, considere fortemente o uso de uma plataforma baseada na Intel. Isso ocorre porque, no momento, não há plataformas AMD que tenham o suporte certificado Thunderbolt da Intel. O Thunderbolt pode ser muito exigente no PC, e há poucas plataformas (mesmo entre as que são totalmente certificadas) achamos mais confiáveis ​​em uma ampla gama de dispositivos.

As placas AMD que estão disponíveis com o Thunderbolt podem acabar funcionando bem com seus dispositivos, mas, em geral, recomendamos a utilização de uma plataforma totalmente certificada se o Thunderbolt for importante para você.

 

O texto apresentado acima consiste na tradução de um artigo publicado no site da Puget Systems sobre “Qual é a melhor CPU para edição de vídeo em 2019”, e para que haja uma melhor compreensão em língua portuguesa foram realizadas algumas alterações quanto a gramática e concordância. Para ler a publicação original na íntegra, acesse o artigo: What is the Best CPU for Video Editing (2019)

Entre em contato com os profissionais da Razor e monte a Workstation perfeita para sua necessidade profissional.

 

 

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)