Hardware | 11/02/2021

NVIDIA GeForce GTX e RTX: você sabe quais as diferenças?

Placa de vídeo GeForce RTX ou GTX: qual escolher? Pensando nisso, preparamos um guia para você saber tudo sobre essas placas gráficas.

 

Quando você vai adquirir um novo computador ou montá-lo por conta própria (caso tenha algum conhecimento), provavelmente você irá se deparar com o dilema da escolha de uma das principais componentes da máquina que impactam na sua performance: a placa de vídeo. Este hardware é o responsável pela qualidade, velocidade na renderização dos gráficos, vídeos, e também oferece diversos níveis de performance díspares, que devem ser adequados ao uso que a máquina foi pensada.

Pensando nisso, consideramos que as placas de vídeo são uma das partes mais importantes do orçamento de uma nova máquina. Além disso, se você não pesquisar e analisar as várias opções disponíveis no mercado, corre o risco de realizar um gasto desnecessário quando escolhidas de forma inadequada para o uso que o computador se destina. 

Ou seja, se o uso pretendido pelo usuário for um computador para trabalho em escritório, ou para desfrutar de games com gráficos realistas e modernos ou ainda para uso profissional de alta performance como para arquitetura, engenharia ou design, a escolha da placa de vídeo deve ser adequada ao tipo de atividade que a máquina irá desempenhar.

Atualmente, existem inúmeros modelos de placas de vídeo e marcas que as produzem. Nesse cenário, temos como as duas grandes expoentes do cenário mundial a Nvidia e AMD, sendo gigantes que duelam todo o ano pelo domínio do mercado de placas gráficas e quem pode desfrutar dessa corrida tecnológica é você. 

E dentro dessas marcas existem modelos de entrada até high-end, isso significa que há placas de vídeo para as mais variadas tarefas do seu dia a dia. E sempre surge aquela dúvida: “Qual placa de vídeo devo comprar?”. Para te ajudar nessa dúvida, hoje vamos falar de duas linhas de placas gráficas produzidas pela Nvidia: as linhas GeForce RTX e GTX.

E aí ficou curioso em saber quais são as diferenças entre as placas gráficas da Nvidia GeForce RTX e GTX?  Então vamos lá!

 

Quais as diferenças básicas?

A diferença entre a Nvidia GeForce GTX e a RTX consiste em que a GeForce GTX usa uma arquitetura de Turing compartilhada em suas placas para obter um ótimo desempenho. Em contrapartida, as placas Nvidia GeForce RTX contém núcleos RT (Ray Tracing) e Tensor, além de habilidades que possibilitam rastrear os raios em tempo real para melhorar a reprodução gráfica e torná-la mais realista. 

Assim, a Nvidia GeForce GTX significa Gigar Texel Shader eXtreme, ou seja, uma placa de microarquitetura de bom desempenho. Além disso, a Nvidia GeForce GTX é especializada em arquiteturas de Turing para fornecer uma boa experiência gráfica ao usuário.

 

NVIDIA GeForce RTX vs GTX

De antemão, precisamos falar que a linha RTX da Nvidia foi desenvolvida para substituir as placas de vídeo GTX. Devido ao fato dessa nova linha conter uma tecnologia muito mais avançada. A sigla RTX significa ray tracing, sendo essa a nova tecnologia criada para esses dispositivos

O ray tracing consiste em trazer uma experiência para profissionais das mais variadas áreas e entusiastas dos games pautada em uma iluminação cinematográfica super realista. Assim, como o próprio nome indica, é um recurso que trabalha com os reflexos de luz, tanto de forma global quanto local (dependendo do jogo), e assim, garantir maior fidelidade na forma como a luz das cenas são irradiadas e refletidas.

Nesse sentido, esta tecnologia faz com que luzes e sombras se comportem exatamente como na vida real, rastreando o caminho de cada raio de luz. Assim, é como se o usuário tivesse um CGI de Hollywood de ponta na sua casa. 

Esses novos chips permitem que o ray tracing aconteça em tempo real. Ele irá redefinir o que é possível no mundo dos gráficos de jogos.

RTX rodando o D5 Render
Fonte: https://www.aarquiteta.com.br/blog/d5-render-nova-solucao-para-renderizacoes/

 

As GPUs da linha GeForce RTX 2080 Ti, 2080 e 2070 foram as primeiras placas gráficas a serem lançadas nesta nova arquitetura Turing. Elas vieram com novos recursos que ofereceram jogos 4K HDR a 60 quadros por segundo nos mais avançados títulos. 

Abaixo você pode conferir a comparação entre um dos dois modelos mais comprados ainda hoje de cada linha de placas de vídeo:

Fonte: Nvidia.com

 

Atualmente, as placas de vídeo GeForce RTX da Nvidia são referência do segmento. A GPU é o componente mais lembrado quando pensamos em softwares para engenharia, arquitetura, edição audiovisual, motion graphics e design (UI/UX), e a GeForce RTX Série 30 (Ampere) melhorou o que a RTX Série 20 (Turing) já tinha de bom.

 

Confira abaixo algumas dessas novidades da RTX:

  • A capacidade de realizar o ray tracing em tempo real de objetos e ambientes com sombras fisicamente precisas, reflexos e efeitos de iluminação;
  • Utiliza inteligência artificial para realizar o aprimoramento e a geração de imagens incríveis;
  • Grande acréscimo no desempenho geral do equipamento para executar tarefas em alta resolução.

 

Tabela de comparação entre NVIDIA GeForce RTX e GTX

 

Conclusão

É necessário sempre se informar o máximo possível quando estiver pensando em adquirir uma placa de vídeo, e assim, evitar gastar seu dinheiro com um hardware incompatível com a sua atividade. Além disso, existe uma infinidade de placas de vídeo entre as linhas GeForce RTX e GTX, desse modo, pautado nas suas necessidades você poderá fazer a escolha de qual linha é a melhor para você.

Agora, se você ainda está em dúvida sobre qual modelo de placa de vídeo é o mais adequado para a sua necessidade, que tal entrar em contato com os especialistas da Razor Computadores e montar a workstation perfeita para a sua necessidade profissional?

 

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)