Hardware | 02/09/2019

Razor agora é um Great Place To Work (GPTW)

Empresa atingiu a nota 70 na avaliação de seus colaboradores, garantindo a certificação GPTW por um ano.

É isto mesmo. No último dia 18 de agosto a Razor Computadores recebeu o certificado Great Place To Work (GPTW). Agora somos uma empresa certificada e entramos para a seleta lista de empresas que podem se orgulhar de obter o selo GPTW.

O programa GPTW contempla a realização de uma pesquisa interna com todos os colaboradores da empresa. O resultado desta pesquisa é entregue aos gestores de cada organização, assim, poderão trabalhar em ações internas de acordo com as respostas de seus próprios colaboradores.

Além disso, se, nos resultados obtidos pela pesquisa, os funcionários considerarem a organização um ótimo ambiente de trabalho e a empresa atingir ou ultrapassar a nota 70 na avaliação, a organização terá seus esforços reconhecidos com a visibilidade de um selo digital de certificação. 

Sempre nos esforçamos para ter um local de trabalhar que orgulhasse nossos colaboradores, um ambiente onde não é um pesar ir trabalhar e sabemos que todos sentem-se à vontade”, comentam os gestores da Razor, Gregory e André Parisotto Reichert. Para André, que também já atuou como funcionário em outras empresas, criar um ambiente de trabalho harmonioso foi um dos esforços empreendidos nos últimos anos e que trouxe o resultado agora: “Já fui funcionário também e sempre quis criar um lugar onde, se eu me colocasse no papel de colaborador, não ia apenas gostar de trabalhar, mas me sentiria bem com o ambiente, a remuneração e sentisse orgulho do lugar que trabalho”, salienta. 

Cultura Organizacional

Para obter este certificado, no entanto, o desejo dos gestores de criar um ambiente organizacional inspirador não era o suficiente. Ao longo dos últimos anos, o desejo saiu do papel e uma série de atividades foram sendo desempenhadas dentro da empresa para proporcionar a todos os colaboradores um ambiente de trabalho saudável.

Ações como conversas para conceder e receber feedbacks sobre procedimentos, produtos e perspectivas sobre a empresa foram fundamentais para o processo de amadurecimento da cultura organizacional.

Além disso, os gestores sempre acompanharam de perto os processos, tornando-se figuras acessíveis à equipe, mostrando disposição nos assuntos relacionados à empresa e ao cotidiano dos colaboradores. 

Outra atividade que passou a fazer parte da cultura da empresa foi o empoderamento dos funcionários e o incentivo à autonomia dentro de suas funções.

Diálogo e tratamento humanizado

O incentivo ao diálogo também é um dos fatores que André, COO (Chief Operating Oficcer) da Razor, considera como fundamental para a obtenção do certificado. Segundo ele “sempre reforço a todos da equipe que nunca vamos punir pessoas por compartilharem erros ou falhas na empresa. Se criarmos uma cultura de medo, onde o colaborador tem receio de comunicar os problemas internos porque acha que vai ser punido, a tendência natural é ele esconder os problemas ou resolvê-los sozinho. E nas duas situações isso é muito estressante ao colaborador”. Ao contrário, a ideia dentro da Razor é compartilhar os problemas em busca de soluções eficazes e transparentes.

O tratamento humanizado também é um fator de primordial importância dentro da empresa, já que existe uma série de questões que visam o bem estar dos colaboradores não apenas dentro do âmbito profissional, mas fora dele também.

“Outro ponto importante é que trabalhamos com uma remuneração acima do mercado local, fornecemos benefícios acima dos mínimos, plano de auxílio médico, seguro de vida, ajuda de custo para cursos e treinamentos (alguns inclusive são custeados integralmente por nós), auxílio moradia no caso de mudanças e licença paternidade de 30 dias, por exemplo. Temos um esforço para manter a vida do colaborador fora da empresa confortável, pois essa segurança e conforto melhoram seu desempenho no trabalho” finaliza André.

O GPTW

O GPTW é uma autoridade global no mundo do trabalho e especialista em auxiliar organizações de diversas áreas do setor profissional na jornada de para se tornarem um excelente lugar para todos trabalharem. Segundo informações do site, a missão do GPTW é construir uma sociedade melhor, transformando cada organização em um Great Place to Work For All. 

Hoje, a instituição já está disseminada pelo mundo, com agências distribuídas em mais de 60 países. No Brasil, além da matriz em São Paulo, há unidades em Barueri (SP), Ceará, Interior de SP, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

No Brasil, o GPTW atua avaliando as “Melhores Empresas para Trabalhar” desde 1997. O certificado emitido pela GPTW é válido por um período de um ano e, após esta data, as empresas devem renovar sua participação no programa. Assim, o GPTW mantém uma avaliação constante de todas as empresas certificadas.

Um pouco de história

Sabe o que é o GPTW e qual a sua origem?

Neste post está a história do projeto GPTW, que nasceu de uma inquietação do jornalista Robert Levering que, nos anos 80, foi convidado a escrever sobre as melhores empresas para se trabalhar nos EUA. À época, o profissional foi enfático ao afirmar que, por uma série de fatores, não haviam boas empresas no estado americano.

Foi então que o projeto nasceu: da cética constatação de que todos os locais eram igualmente insatisfatórios para se trabalhar. Naquele momento, no entanto, o jornalista se viu desafiado a encontrar uma resposta para esta inquietação e começou sua investigação.

No fim, descobriu que, ao contrário do que esperava, existiam empresas que priorizavam uma cultura organizacional saudável e eram, de fato, “great places to work”.

E o que isso significa, afinal?

Ter esta certificação não é apenas um título a mais para o currículo de uma empresa. O selo de GPTW vai muito além disso, pois demonstra uma clara preocupação da gestão das empresas com a qualidade de vida de todas as pessoas que contribuem para o crescimento e manutenção destas instituições. A obtenção do certificado foi motivo de comemoração para todos os integrantes da Razor Computadores. Além disso, para manter o certificado pelos próximos anos, a gestão e a equipe estão se profissionalizando e buscando outras formas de melhorar ainda mais o ambiente organizacional.

 

 

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)