Tecnologia | 28/04/2020

Servidores para Empresas: soluções eficazes para o trabalho remoto

Entenda a sua necessidade e encontre o servidor ideal para sua empresa.

Nos últimos anos, o número de profissionais trabalhando remotamente têm crescido muito. Assim como autônomos e freelancers, as empresas também vêm adotando o Home Office como uma estratégia para o trabalho dos colaboradores. Além disso, com as medidas adotadas para prevenção e combate à pandemia do Coronavírus, as empresas que têm essa possibilidade, estão substituindo o trabalho presencial pelo remoto, para dar continuidade em suas atividades. Entretanto, para que isso seja possível, empresas e organizações estão se adequando à novas maneiras de trabalhar, centralizar e controlar os fluxos de trabalho. 

Diante deste cenário, as empresas que utilizam a tecnologia para conectar os colaboradores aos seus servidores estão enfrentando novos desafios, como a necessidade de aumentar sua infraestrutura e expandir a capacidade de armazenamento e compartilhamento de dados, por exemplo.

Para evitar problemas que podem surgir com as máquinas envolvidas nesse processo, as empresas devem estar atentas e preparadas para isso. Pensar em uma infraestrutura de servidor e observar o limite de seus equipamentos é fundamental para traçar a melhor estratégia neste momento. Além disso, investir na manutenção ou na substituição dos servidores da empresa são ações que podem ser facilmente realizadas, resultando em um melhor desempenho tanto das máquinas envolvidas, quanto dos profissionais da sua empresa, tornando o trabalho remoto mais produtivo e ágil.

Geralmente, empresas costumam investir e ter seus próprios servidores para atender às demandas diárias dentro de seus escritórios ou estabelecimentos. Isto auxilia no compartilhamento de arquivos entre colaboradores e setores da empresa, na comunicação entre diversas máquinas, bem como no desempenho de algumas funções que demandam maior performance, como a renderização de projetos audiovisuais ou upload de arquivos via FTP, por exemplo.

Entretanto, tendo em vista o cenário atual, no qual empresas e instituições são aconselhadas a realizarem suas atividades de maneira remota e descentralizada, diversas empresas se depararam com uma nova demanda: a dificuldade no compartilhamento de informações entre os colaboradores, uma vez que, estando dentro da empresa, estes funcionários tinham acesso a computadores conectados a um servidor comum, compartilhado entre todos. 

Estando descentralizada, a empresa necessita criar formas de armazenar e compartilhar seus projetos de modo a não onerar a produtividade de suas tarefas. É aí que os servidores entram. Adquirir novas unidades de servidores próprios pode auxiliar significativamente na produtividade da sua equipe, centralizando informações e acessos mesmo que seus funcionários encontrem-se deslocados geograficamente.

Entretanto, vale ressaltar que existem diversos tipos de servidores e cada um deles pode auxiliar sua empresa de maneira diferente. Por isso, preparamos um conteúdo com algumas dicas de modelos de servidores para orientá-lo a fazer a melhor escolha para as necessidades reais da sua empresa.

 

 

 

Preciso de um servidor para trabalho remoto: e agora?

Se a necessidade de sua empresa for apenas a funcionalidade de backup (ou seja, necessidade de um ambiente para armazenar dados em redundância), o recomendado é a utilização de um servidor Pentium G5400 com 8GB de RAM e dois discos rígidos de 1TB de armazenamento.  Com esta configuração, se sua equipe for de no máximo cinco pessoas, você consegue garantir estabilidade para o uso remoto com um servidor.

Agora, se suas necessidades vão além de backup e você tem mais pessoas na equipe, o que irá exigir uma performance mais elevada, o servidor mais adequado requer outras configurações. Por exemplo, se seu objetivo é o de renderizar projetos (que geralmente são arquivos grandes com muitos gigas de tamanho) você pode optar por um servidor modelo Storage Vault VX 320, que é expansível e te dará maior estabilidade e confiança na hora de realizar a renderização de seu trabalho. 

Se você tem uma empresa de pequeno porte, por exemplo, o recomendado é a utilização de um servidor com processador i5 9400 com 16GB memória RAM, e 2 HD de 2TB de armazenamento. Já para empresas de médio porte e com maior número de funcionários na equipe, recomenda-se a aquisição de um servidor com processador Intel Xeon Silver 4208, com 32GB de memória RAM e 2 HDD de 4TB de armazenamento cada um. Empresas grandes e multinacionais, por exemplo, que requerem um grande volume tanto de armazenamento quanto de fluxo entre a equipe, devem criar um planejamento de servidores integrado e personalizado para a boa execução do trabalho remoto. Nestes casos, o recomendado é entrar em contato com uma empresa especialista e estudar qual a melhor solução em servidores para a resolução completa deste desafio em tempos de quarenta. 

Nós somos especialistas em servidores e workstations. Seja qual for a sua necessidade, a Razor tem a solução. Entre em contato com nossos especialistas.

 

hardware perfeito

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)