Tecnologia | 28/04/2020

Descubra como editar vídeos em 4k!

Nas últimas décadas, tivemos um crescimento exponencial das tecnologias gráficas. Se antigamente, para termos uma experiência de audiovisual imersiva impactante, tínhamos que ir até o cinema, atualmente, conseguimos experimentar isso no conforto de nossas casas. A evolução das resoluções e dos aparelhos de reprodução foi extremamente rápida, pois, em poucos anos, saímos do HD e chegamos ao Ultra HD, o 4K.

Assistir vídeos em 4K é uma tarefa fácil, a maioria dos aparelhos de TV saem com essa resolução de fábrica e muitos dos serviços de streaming já suportam o formato. Entretanto, criar e editar vídeos nessa resolução não é tarefa tão simples. Além de contar com os softwares corretos, a máquina em que essa edição será feita deverá ter um hardware que suporte a carga de trabalho que essa atividade exige.

Neste post, vamos entender como editar vídeos em 4k, como preparar o Adobe Premiere para a edição e os requisitos que uma workstation deve ter para dar conta da carga de trabalho. Confira!

O que é a resolução de vídeo 4K?

A resolução 4K, também conhecida como Ultra HD, é um padrão de qualidade de imagem que está se popularizando e se tornando cada vez mais acessível. Os cinemas, por exemplo, adotam a resolução 4K com projetores que utilizam a resolução de 4096×2160 pixels. Já alguns fabricantes de TV utilizam a proporção de 3840×2160 pixels.

Para entender o tamanho da imagem que a resolução 4k entrega, basta entendermos que uma tela Ultra HD pode receber 4 telas Full HD, que já é uma excelente resolução. Isso faz com que o padrão 4K entregue uma imagem extraordinária, capaz de revelar os mínimos detalhes.

Qual é o melhor software para edição de vídeos em 4k?

Existem vários softwares no mercado que permitem a edição de vídeos em 4K, mas nenhum é tão completo quanto o Adobe Premiere Pro. O programa permite a criação e edição de vídeos com qualidade, graças a funcionalidades modernas.

Além de permitir a edição de vídeos em alta resolução, o Premiere se integra a outros softwares do pacote Adobe, como o After Effects e o Photoshop, entregando muito mais ferramentas de criação.

A dinâmica de edição do Premiere é bem parecida com a dos seus concorrentes, sendo que as linhas do tempo e edição em tempo real também estão presentes. Além disso, a Adobe está sempre aprimorando os seus softwares, implementando novas ferramentas, que facilitam ainda mais atuação dos profissionais, entregando usabilidade e performance.

Quais são os recursos básicos de edição de vídeo no Adobe Premiere Pro?

O Abobe Premiere é um software completo e profissional para a edição de vídeos. Contudo, independentemente do nível do editor, existem alguns recursos básicos que o usuário deve conhecer ao utilizar essa ferramenta. Veja abaixo as principais:

  • controle de interface — a interface do Premiere é intuitiva e funcional, basta que o usuário crie e nomeie um projeto e depois adicione arquivos apenas arrastando e soltando;
  • edição na linha de tempo — após adicionar os arquivos a linha do tempo, é hora de começar a editar, configurando as durações e transições;
  • inserção de efeitos — o Premiere permite a edição de efeitos nos vídeos, sendo que cada um traz predefinições personalizáveis;
  • edição de cores — a ferramenta de correção de cores permite uma qualidade muito mais profissional para o seu vídeo;
  • edição de áudio — o Premiere não se limita a ser um excelente editor de vídeos, pois apresenta uma excelente ferramenta para a edição de áudios, permitindo a remoção de sons indesejados, aprimorando vozes ou removendo efeitos sonoros;
  • exportação em múltiplos formatos — após a edição do vídeo, o usuário poderá exportá-lo no seu formato preferido, sem ficar preso a padrões.

Quais são as especificações de hardware ideais para o Premiere?

Você pode acessar o site da Adobe e conferir os requisitos básicos e recomendados de hardware para cada sistema operacional. Veja abaixo algumas dicas para melhorar o desempenho ao utilizar o Premiere Pro.

Processador

O Premiere utiliza poucas threads no processo de encoding, ou seja, dependendo projeto, poderão ser utilizados de 4 a 8 núcleos. Uma Workstation com processador Intel Core i7 overlocked é uma excelente opção para acelerar esse processo.

GPU

A GPU pode otimizar a velocidade de processamento de alguns efeitos anteriores a codificação. O uso de múltiplas GPUs não trará muitos benefícios para a edição, mas agilizará o fluxo de trabalho, acelerando os efeitos de GPU do Mercury Playback Engine, além do escalonamento de imagens.

Disco rígido

A substituição dos HDs por SSD’s ou SSD’s NVMe, melhorará o desempenho da taxa de transferências, aumentando consideravelmente a velocidade da abertura de projetos, salvamento e o sistema como um todo.

Como configurar uma sequência para 4K no Premiere?

Uma das principais configurações para quem vai editar vídeos em 4K no Premiere é a configuração da sequência. Isso porque, caso o formato do vídeo editado seja diferente das definições de sequência, uma parte do vídeo será cortada. Veja abaixo um pequeno tutorial para evitar esse tipo de contratempo.

  1. Após abrir o Premiere, clique em arquivo e, em seguida, selecione “novo” e depois “Sequência”;
  2. Abrirá uma janela de definições da nova sequência, nela, selecione a aba “Configurações”;
  3. Vá até a opção “modo de edição” e escolha o formato que você editará o vídeo — escolha um modelo predefinido ou personalizado;
  4. Para definir o formato com exatidão, basta mudar as orientações nos campos largura e altura — por padrão, um vídeo em HD tem 4096×2160 pixels.

Por que devo utilizar uma workstation para editar vídeos em 4K?

O fluxo de trabalho em um computador para a edição de vídeos dependerá muito da capacidade de processamento que ele entrega. Quando nos referimos a um software profissional completo, como o Adobe Premiere Pro, estamos falando de uma aplicação robusta, que depende de boa capacidade de processamento, memória RAM e placas de vídeo adequadas.

O desempenho da edição de vídeo melhora consideravelmente de acordo com a potência da placa gráfica. Portanto, se você adicionar duas placas gráficas em um PC, para editar vídeos em 4K, obterá o dobro do desempenho. Contudo, isso será válido até atingir o limite de um dos componentes de suporte, como a memória ou o processador.

Por isso, é importante que, ao adquirir uma máquina para edição de vídeos em altíssima resolução, você pense em equilíbrio. É importante que todos os componentes estejam preparados para receber a carga de trabalho.

Os bons fornecedores de workstations, como a Razor, oferecem uma consultoria, buscando entender as reais necessidades dos clientes, para depois oferecerem o melhor produto. Essa consultoria é mantida do diagnóstico até a entrega da máquina.

Nesse processo, é ensinado o funcionamento básico do hardware e como ele auxilia na resolução dos problemas do usuário. Dessa forma, o cliente tem um acompanhamento completo e toma conhecimento do produto desde os primeiros passos.

Entenda quais são os requisitos básicos de sistema do Premiere Pro para Windows

Especificações mínimas:

  • Processador — Intel da 6ª Geração ou mais recente, ou AMD equivalente;
  • Sistema operacional — Microsoft Windows 10 (64 bits) versão 1803 ou posterior;
  • RAM — 32 GB para mídias 4k ou superiores;
  • GPU — 2 GB de GPU VRAM.

Especificações recomendadas para trabalhar com vídeos em alta resolução:

  • Processador — Intel da 7ª Geração ou mais recente, ou AMD equivalente;
  • Sistema operacional — Microsoft Windows 10 (64 bits) versão 1809 ou posterior;
  • RAM — 64 GB para mídias 4k ou superiores;
  • GPU — 4 GB de GPU VRAM.

Esperamos que, após a leitura deste post, você tenha entendido como editar vídeos em 4K, entendendo qual é o melhor software e máquina para esse tipo de trabalho. Lembre-se de que estamos falando de um trabalho pesado e que requer uma máquina que dê conta desse tipo de serviço. Por isso, sempre dê preferência para as workstations feitas sob medida, com um fornecedor que ofereça consultoria e garantia on-site.

Gostou do post? Então continue em nosso blog, aproveite para conhecer o Pacote Adobe Creative Cloud e torne o seu trabalho ainda mais completo.

 

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)