Hardware | 25/01/2019

Por que investir em uma Workstation mobile?

Investir em uma workstation mobile é estratégico para empresas que precisam garantir mobilidade para seus colaboradores, sem afetar a capacidade produtiva deles com equipamentos não preparados para suas tarefas cotidianas.

Mais que um luxo ou capricho da empresa, o investimento garantirá que ela fique alinhada com as atuais necessidades do mercado e adote as melhores dinâmicas de negócio para atender seus clientes.

Neste post, entenderemos quando investir em uma workstation mobile é necessário, conheceremos as razões que podem ser usadas como argumento para defender esse investimento e explicaremos como esse equipamento pode ser adquirido. Continue lendo e confira!

Quando investir em uma Workstation mobile é necessário?

Uma workstation mobile é um notebook equipado com recursos extras para garantir uma melhor performance do equipamento, mesmo quando programas extremamente avançados são utilizados.

Uma estação de trabalho móvel é recomendada para profissionais que usam aplicativos diferenciados, como softwares de edição de vídeo e imagens, sistemas de criação e gestão de projetos arquitetônicos, desenvolvimento de softwares, entre outros. Sua vantagem é evitar o travamento do notebook e agilizar a edição e a utilização de todos os recursos do programa. Algo que não pode ser obtido com os equipamentos tradicionais.

Ou seja, se você utiliza programas básicos, como um navegador de internet e o pacote Office, da Microsoft, então um notebook convencional, facilmente encontrado em shoppings e e-commerces, já atenderá suas necessidades.

No entanto, se utiliza softwares mais avançados, que demandam alta capacidade de processamento, uma boa placa de vídeo ou de algum outro componente, então, investir em uma workstation mobile será inevitável para garantir alta performance no seu dia a dia.

Quais argumentos usar para defender esse investimento?

Por utilizar recursos extras e componentes de alto desempenho, um workstation mobile será mais cara que um notebook tradicional. Por isso, ao requisitar essa estação de trabalho para sua empresa, será necessário convencer os gestores sobre os benefícios desse equipamento.

Abaixo, listamos 3 argumentos genéricos que podem ser usados por profissionais das mais diversas áreas. Confira!

Melhorar a produtividade

Tradicionalmente, as empresas investem em estações de trabalho do tipo desktop. O problema dessa estratégia é que o colaborador perde a mobilidade. Por exemplo, um engenheiro terá que imprimir os arquivos para consultá-los, na visita ao canteiro de obras. Contudo, se ele pudesse se deslocar com o equipamento, alterações de projeto seriam possíveis no local, acelerando o processo.

Além disso, poucos profissionais possuem computadores similares aos de seus trabalhos em suas residências, o que impediria que uma jornada no estilo home office fosse executada ou que pequenas alterações fossem realizadas, mesmo fora do horário do expediente.

Enfim, investir em uma workstation mobile assegura que as pessoas se deslocarão sem maiores complicações. Também garante que a mesma performance do computador desktop será encontrada no notebook construído sob medida para a categoria de trabalho realizada por seus colaboradores.

Evitar a perda de horas de trabalho

Alguns profissionais insistem em utilizar um notebook comum para executar softwares avançados. Com isso, é comum ouvir as pessoas reclamando de terem perdido horas de trabalho após um erro na hora de salvar o arquivo ou de perderem o projeto depois do travamento da máquina ou super aquecimento. Nessas situações, quase sempre o programa é retomado em um ponto bem anterior ao momento em que o colaborador estava trabalhando.

Uma boa estratégia para usar esse argumento é mensurar quantas horas de trabalho são perdidas cada vez que isso ocorre. Em seguida, multiplique esse valor pelo preço da hora homem estabelecida em seu contrato com a empresa. Por fim, some o resultado desse calculo ao custo de compra de um equipamento tradicional.

Certamente, o preço final justificará investir em uma workstation mobile!

Executar edições simples, em contato com o cliente

Outro argumento é que algumas edições simples em projetos poderiam ser realizadas na própria visita ao cliente. Isso aceleraria o tempo de ajustes, eliminaria a necessidade de o profissional voltar para o escritório para realizar pequenas tarefas e aumentaria a satisfação do contratante.

Vale destacar que a utilização de uma máquina convencional poderia ter um efeito contrário. O cliente ficaria insatisfeito com a lentidão para realizar um pequeno ajuste, poderia interpretar que o profissional possui recursos inadequados para atendê-lo ou que seu projeto não segue no ritmo esperado.

Como comprar uma workstation mobile?

Atualmente, é possível encontrar algumas workstations mobile disponíveis em e-commerces ou previamente configuradas. No entanto, a melhor forma de ter o equipamento mais adequado, a um preço justo e com as melhorias essenciais para sua rotina é personalizando a criação de uma máquina.

Abaixo, listamos os principais processos relacionados ao desenvolvimento de uma máquina específica para sua jornada de trabalho!

Consultoria de compra

Nessa etapa, especialistas procuram conhecer as necessidades do cliente, os softwares que utiliza e para quais finalidades. Em seguida, há um detalhamento sobre os principais recursos exigidos pelo software, como capacidade avançada de processamento ou placa de vídeo mais robusta.

Por fim, o profissional elabora uma configuração ideal, estima os valores para a fabricação do equipamento e apresenta uma proposta técnica e comercial para o cliente, em que são listados todos os componentes e as facilitações financeiras para viabilizar o projeto. Caso ambos concordem com os itens listados, o cliente fecha o acordo e a fabricação é iniciada.

Fabricação personalizada

Diferentemente dos notebooks tradicionais, investir em uma workstation mobile significa comprar um hardware muito específico que pode ser personalizado na fabricação. As etapas seguidas pela empresa que fabricará são:

  • teste individual dos componentes, antes mesmo de começar a montagem do computador;
  • montagem do hardware;
  • verificação de temperaturas e tensos suportadas pelo equipamento após sua montagem;
  • teste de estabilidade e durabilidade da máquina para evitar possíveis problemas futuros;
  • certificação e registro da máquina para garantir a qualidade do hardware.

Suporte pós-venda

Por fim, ao contratar uma fabricação exclusiva, o cliente ainda contará com o serviço de pós-vendas. Nesse caso, qualquer anomalia ou funcionamento incorreto será prontamente resolvida pela empresa que construiu o equipamento.

No caso da Razor, o suporte segue 4 etapas para resolver o problema:

  1. verificação remota da ocorrência;
  2. solução remota do problema, sempre que possível;
  3. caso não exista a possibilidade de resolver remotamente, então é aberto um chamado para uma assistência técnica local;
  4. se for necessário enviar componentes, a Razor também se responsabilizará para que ele chegue ao time da assistência no menor prazo possível.

Ou seja, investir em uma workstation mobile personalizada é mais vantajoso do que comprar uma máquina com configurações previamente estabelecidas. Afinal, a estação de trabalho será exclusiva, pensada para as necessidades diárias de seus colaboradores e suportada por uma empresa de renome e tradição no mercado.

Quer descobrir como comprar e investir em uma workstation mobile sem correr o risco de adquirir uma máquina pouco adequada para suas tarefas cotidianas? Então, entre em contato com a Razor! Nosso time de especialistas está pronto para encontrar o melhor equipamento para as suas necessidades!

 

 

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)