Hardware | 17/06/2019

Veja as 7 principais características do processador Threadripper!

A Computex 2018 em Taipei ficou marcada pelo lançamento do processador Threadripper, uma resposta em alto nível da AMD para o, até então, imbatível processador de 28 núcleos da Intel. Para entender melhor até onde vai essa disputa de mercado entre as duas empresas, é preciso conhecer as características do novo processador da AMD.

E será esse o assunto desse post. Vamos listar as 7 principais características do processador Threadripper para entender melhor a potência que essa CPU oferece para seus usuários. Falaremos sobre os modelos, quantidade de núcleos, memória cache, frequência, conectividade, suporte aos sistemas operacionais e consumo de energia. Ficou curioso sobre o assunto? Então, não perca a leitura!

1. Modelos

Existem 4 modelos distintos de processador Threadripper: 2920X, 2950X, 2970WX e 2990WX. Os modelos da linha X são voltados para pessoas que usam aplicações profissionais durante o expediente de trabalho e jogam nas horas de lazer. A AMD garante que a linha X faz renderizações 3D até 38% mais rápido e codifica vídeos até 31% mais rápido do que as linhas similares da Intel.

Já os modelos da linha WX foram concebidos para Workstations que precisam de máxima otimização. Afinal, tempo é dinheiro. E quanto mais rápido forem realizadas tarefas pesadas de modelagem e edição, melhor. A AMD diz que a linha WX é a experiência mais rápida que alguém pode ter para trabalhos profissionais.

2. Núcleos e threads

O modelo 2920X é o processador Threadripper mais simples, com 12 núcleos e 24 threads. Para efeito de comparação, o I9-9900K possui apenas 8 núcleos. O 2950X possui 16 núcleos e 32 threads. Já os modelos WX 2970 e 2990 possuem 24 e 32 núcleos com 48 e 64 threads, respectivamente.

No entanto, é importante ressaltar que o número de núcleos nem sempre representa eficiência no desempenho. Apenas as aplicações mais profissionais do mercado possuem recursos para lidar com tamanha quantidade de núcleos e threads. Por isso, a linha X, que possui menos núcleos, é recomendada para gamers, enquanto a linha WX é mais voltada para estações de trabalho.

3. Cache

A cache é uma memória de alta velocidade que fica dentro do processador para armazenar informações primárias calculadas durante a execução de aplicações. Em tese, quanto maior a memória cache de um processador, maior vai ser a quantidade de dados que ele consegue armazenar sem usar a memória RAM. Consequentemente, seu desempenho vai ser melhor.

O processador Threadripper possui 3 níveis de cache: L1, L2 e L3. A memória L1 do modelo mais simples é 1125KB, e do modelo topo de linha é de 3000KB. Já a cache L2 é igual para todos: 512KB por núcleo, variando de 6MB até 12MB total, dependendo do modelo. Portanto, o que diferencia esse processador de seus concorrentes é a cache L3: 32MB para a linha X e 64MB para a linha WX. O I9-9900K possui apenas 16MB de L3.

 

4. Frequência

A frequência, medida em hertz, indica quantas ações um processador consegue executar por segundo. Cada ação por segundo significa 1 hertz. Dessa maneira, um núcleo de 3 GHz executa 750 milhões de ações por segundo. Portanto, quanto maior for a frequência de um núcleo, mais rápido ele terminará de executar as suas tarefas.

A linha X conta com menos núcleos, mas, em contrapartida, eles são mais poderosos do que a linha WX. Cada núcleo da linha X tem 3.5GHz de frequência, enquanto os núcleos da linha WX chegam a 3.0GHz. Ambas as linhas possuem suporte para overclock, e a velocidade de cada núcleo pode chegar a 4.3GHz e 4.2GHz, respectivamente. Segundo a AMD, o Threadripper 2990X é 53% mais rápido do que o Intel I9-7980XE.

Apesar de a linha WX possuir processadores de frequência menor, ela se sobressai pela quantidade maior de núcleos. No entanto, é importante ressaltar que, para fazer uso desse excedente de frequência, é necessário usar aplicações que são otimizadas para isso.

5. Conectividade

A linha de processadores Threadripper é baseada no socket TR4, especialmente desenvolvido para ela. O TR4 possui 64 lanes de comunicação com PCI Express, ou seja, 64 bits de tráfego por ciclo. Isso pode ser traduzido como um canal maior de comunicação entre o processador e os dispositivos conectados no slot PCI-e. Logo, o desempenho do Threadripper com mais de uma placa de vídeo conectada na placa-mãe fica bastante otimizado.

Todos os modelos possuem suporte para memórias RAM DDR4 com frequência máxima de 2933MHz. O grande diferencial é o suporte quad-channel, que oferece mais velocidade ao controlador de memória. Placas-mãe, destinada ao usuário comum, para o processador aceitam até 128GB de memória ou 4 pentes de 32GB.

6. Sistemas operacionais

Embora a Microsoft não ofereça suporte oficial para sistemas mais antigos do que o Windows 10, a linha de processadores Threadripper vem com drivers oficiais para Windows 7 e 8.

Os processadores também são compatíveis com sistemas baseados em Linux, como Ubuntu e CentOS. A AMD garante que qualquer distribuição Linux a partir do kernel 4.10 é compatível com o Threadripper.

7. Consumo de energia

Saber o consumo é importante para que o usuário tenha em mente o tanto de calor que ele precisa dissipar ao montar o computador ideal. Caso o processador não tenha a dissipação correta, podem ocorrer interrupções de energia — causando o desligamento do computador ou, até mesmo, a queima dos componentes.

Os modelos 2920X e 2950X precisam dissipar 180W. Já os modelos 2970WX e 2990WX precisam dissipar 250W. Para comparar, um I7-9900K tem que dissipar 95W. É muito calor a mais e isso, é claro, exige um cooler poderoso. Portanto, ao adquirir um Threadripper, tenha certeza de escolher um gabinete grande, que vá comportar um cooler capaz de resfriá-lo.

O processador Threadripper é, com certeza, uma das novidades mais aguardadas da AMD. Prometendo ter um desempenho superior ao de seu concorrente direto e por um preço menor, certamente, ele elevará a disputa a outro patamar. É esperado que o Threadripper ajude a AMD a ganhar mercado frente aos processadores Intel. E quem ganha com isso é o usuário final.

Curtiu as principais características do processador Threadripper? Que tal entrar em contato conosco pra montar uma belíssima máquina com esse processador? Estamos aguardando você!

 

ASSINE NOSSO BLOG

Receba nossas publicações em seu e-mail.
Prometemos não exagerar :)